24 janeiro 2013

Olá, meus amores!





Venho pedir desculpas ( mais uma vez ) por não ter postado esses últimos dias. Tenho tido vários problemas pessoais. E por esses e outros, não tenho dado atenção ao UD e nem aos meus leitores. Lamento infinitamente, mas tenho andando com aquele sentimento “será que estou fazendo a coisa certa?”. Sei que todos já sentiram algo parecido, por isso espero que me compreendam.

O Universo Diverso é muitíssimo importante para mim. E exatamente por esse motivo, vou fazer o possível para postar sempre!

 - E lá vem mais desculpas!

Como eu tinha postado outro dia, eu iria cobrir o evento de Auto-Maquiagem da minha amiga Talyta Natsan, mas por motivos de saúde não pude comparecer. Sei que alguns ficaram curiosos, então pedi para que a Talyta me enviasse o material para expor aqui.




*Genteeee,  a Taly  fez até um vídeo para o Universo Diverso! Tal, eu e os leitores do UD agradecem ! :D



* Infelizmente não conseguir colocar o outro vídeo aqui, então vocês terão que entrar pelo link :)



Lembrando que a Talyta Natsan fez um blog para divulgar o trabalho dela! Sigam ela também :D



Infinitos beijoooooos ! 

Boa sorte para nós dois





Ei, vem aqui, não faz assim. Por favor, me ouve. Não finge que não liga, não dá de ombros, não faz essa cara de quem não quer prestar atenção e de quem pouco se importa. Eu sei que você se importa, ou pelo menos, tenho certeza que já se importou um dia. Por que tem que ser assim? Por que as coisas não podem simplesmente ficar numa boa?

Alguém inventou essa história maluca que o amor tem que durar pra sempre. Então a gente fica naquela obrigação de ser perfeito, de fazer acontecer, de ter êxito, de não fracassar. Não consigo mais levar isso adiante, não. Eu sou um fracasso, na minha testa está escrito em letras imensas LOSER. 

Não, eu não consigo parar de lembrar como a gente foi feliz. Era tão bom gostar de você. Era tão bom ver o seu sorriso ao amanhecer. Coisas assim, meio de filme. Mas a nossa vida é realidade pura. E sem flores. Uma das minhas maiores dores é saber que, não importa quanto tempo passe, eu nunca vou esquecer você. 

Você foi a pessoa mais importante da minha vida e com você eu aprendi muita coisa sobre o amor. Mas o amor é que nem um bebê de colo: precisa de cuidados e supervisão constante. Acho que a gente não soube cuidar bem desse bebê. Nem da gente mesmo.

Por que as pessoas se perdem? Eu sempre disse: se não for pra acrescentar alguma coisa, por favor, não bagunça a minha vida. Gosto de quem soma. E a gente somou, você somou, eu somei. Até o momento em que as brigas começaram e a gente fez questão de se diminuir. Por que acabar com uma coisa tão linda?

Seria tão mais fácil se a outra pessoa falasse o que realmente quer e espera. Ficar no jogo de adivinhação só traz sofrimento. Nosso amor teve muitos silêncios e vírgulas. Cheguei a ficar engasgada com tantas reticências. Não dava mais, não estava mais funcionando. É, às vezes as coisas não funcionam. Estragam. Se partem.

Nem sempre é fácil dar a volta por cima, mas é a única saída. Não vejo outra solução para nós dois. Só porque acabou não quer dizer que não deu certo e não foi bom. Nem sempre as coisas são eternas. Mas nem por isso deixam de ser especiais. Por favor, entenda isso. Entenda que o nosso amor deu certo. E me deixa livre para seguir. Eu prometo que te deixo livre para seguir também. Detesto histórias sem fim. Todo mundo precisa de um ponto final para poder começar um novo parágrafo. Boa sorte para nós dois. A gente merece.

Adoro Mallu !

video

Frase do dia






É preciso não esquecer nada: 
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
 
nem o sorriso para os infelizes
 
nem a oração de cada instante.
 


É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
 
nem o céu de sempre.
 


O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
 
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.
 


O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
 
a idéia de recompensa e de glória.
 


O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
 
vigiados pelos próprios olhos
 
severos conosco, pois o resto não nos pertence

.

Minutos de reflexão


 
Universo Diverso © layout criado por Maria Júlia Borges, não copie. Direitos reservados.